Não está sendo nada fácil o enfrentamento contra o novo Coronavírus. Estamos passando por um momento de novos hábitos, muitos deles que deveríamos ser adotados sempre, e que fazem a maior diferença no combate de diversas outras doenças.

Nas últimas semanas vimos um crescimento na busca por máscaras de proteção, feitas em casa, uma forma de “proteção” na transmissão do Covid-19, e que as pessoas possam ter acesso ao material de forma prática. As máscaras de tecido continuam sendo uma alternativa de prevenção, pois cria uma barreira, evitando a contaminação.

É importante ressaltar que as máscaras caseiras é uma forma de garantir que outras do modelo N95 não faltem para grupos de risco, como profissionais que estão trabalhando na linha de frente contra a doença e contaminados. Uma recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS)

Não deixem de usar a máscara, principalmente quando precisarem sair de casa, em caso de extrema necessidade, para realizar alguma atividade, se tiverem que pegar transporte público, locais onde possam conter aglomerações. Não dá pra brincar com a nossa vida e muito menos colocar a vida do outro em risco. 

Com todas essas dicas e informações, produzi minha própria máscara.
Confira as fotos, massas, que produzi pro blog.


FIQUEM DE OLHO NOS DETALHES
Sigam as recomendações para a produção da máscara:

> A máscara deve ter duas camadas de tecidos;
> Você pode aproveitar um lenço ou tecidos que tenha no próprio guarda-roupa:

– Fronhas de tecido antimicrobiano
– Algodão (como camisetas 100% algodão)
– Cotton (composto de poliéster 55% e algodão 45%)
– Tecido de saco de aspirador.

De acordo com a professora de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Linamara Rizzo, que está à frente das pesquisas sobre tipos de máscaras, existe uma vantagem maior no uso de tecidos de algodão para a produção das máscaras caseiras.

> Corte o tecido em uma largura suficiente para dobrá-lo;
> Você deve cobrir totalmente o nariz e a boca, sem deixar espaços nas laterais;
>  Use elásticos para prender as partes e colocar no rosto.
> Faça testes com um aerosol para ver se as camadas de tecidos estão filtrando bem, sem que a camada de dentro, que fica em contato com a sua boca e nariz, seja afetada.

VEJA O PASSO A PASSO PARA FAZER A SUA MÁSCARA

 

Ainda de acordo com a pesquisa, liderada por Linamara Rizzo, o algodão oferece um nível de 65% de proteção. “Quando eu uso a máscara, do aerossol que eu libero falando, passa apenas 35%. Reduz bastante o risco de contaminação”, explica a professora.

Cuidar um do outro é uma demonstração incrível de amor, ainda mais nesse momento que precisamos da colaboração de todos.

FIQUE EM CASA!

Preparei pra vocês um vídeo, no meu canal, criando minha própria máscara. Clique em “WMTV“, categoria de vídeos do blog. Você será direcionado ao meu canal no Youtube. Se inscreva no canal e acompanhe todas as publicações.

 

Comentários